0
0
0
s2sdefault

Foto:DivulgaçãoNo último sábado, 17/07, aconteceu no Sindicato dos Comerciários em Iguatu, o I Seminário regional de Juventude, Comunicação e Ecologia. O evento é mais uma iniciativa da Juventude dos Partidos dos Trabalhadores de Iguatu, JPT. O momento envolveu cerca de 70 pessoas entre jovens de várias cidades da região centro-sul, além de militantes do diretório estadual do partido e do deputado federal, José Aírton Cirilo.

Segundo a coordenadora da JPT, Luana Marques, o momento envolveu em um debate todos os jovens presentes que diferente do que vemos em outras espaços de atividades, os jovens estavam bem antenados na discussão sobre o papel dos meios de comunicação e como a sociedade poderia de certa forma democratizar mais esses espaços. Para outro membro da JPT, Erick Willer, a pauta de ecologia chama atenção para o espaço em nossa volta, muita coisa é puro descaso, seja dos governos e da população que não quer saber pra onde vai o lixo, qual a consequência de tudo que estamos fazendo com o meio ambiente.

Foto:DivulgaçãoEntre os palestrantes estava, Rafael Tomyama, da secretaria de meio ambiente de Fortaleza, que falou sobre ecologia e Marcos Paulo, do Instituto de Juventude Contemporânea (IJC), ONG de Fortaleza, que falou sobre comunicação.

Para o conselheiro nacional de juventude, Karlos Rikáryo, que esteve no encontro, disse que esse é o segundo momento que a JPT promove uma discussão seria com a sociedade, a primeira foi sobre segurança publica, época em que foi desenvolvido um documento com propostas de um colegiado de instituições do terceiro setor, das policias e corpo de bombeiros. Segundo Karlos desse primeiro momento foram retiradas propostas que compões a atual proposta de segurança publica desenvolvida pelo ministério da Justiça. Esse novo momento mostrou como a juventude partidária que estava em sua maioria no evento está politizada em torno das temáticas que de certa forma interferem no desenvolvimento da sociedade em nosso dia-a-dia.

Ao final do evento foi desenvolvida propostas que serão encaminhadas para os meios de comunicação, fóruns e entidades ligadas a temática ecologia, além de entidades juvenis.

Fonte: Jornal A Praça

0
0
0
s2sdefault