0
0
0
s2smodern
Ednaldo Lavor “vou ter que demitir 1.395 famílias, por causa da oposição”

Na última terça-feira, 13/08, o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD), em entrevista a uma rádio educadora local, falou sobre as atividades da sua gestão, das dificuldades e mudanças que tem feito aos poucos no seu secretariado.

O prefeito destacou a denúncia feita pela oposição que resultou no pedido do Ministério Público (MP) que fosse demitido 1.395 cargos comissionados, até que fosse feito um concurso municipal.

“Ordem judicial a gente não questiona, obedece! Vou ter que demitir as mais de 1.395 pessoas, trabalhadores simples como merendeiras e da limpeza pública”, disse o prefeito.

Ednaldo afirmou reconhecer que essa os seus opositores venceram, se referindo ao deputado Agenor Neto (MDB) e Marcelo Sobreira (PDT). “Com essa perseguição sem fim para me tirar do poder, eles conseguiram me deixar na lona, só me pergunto se eles não se perguntaram antes se valeria a pena envolver as mais de 1.395 famílias que vão perder seus empregos”, disse Ednaldo.

O prefeito concluiu a entrevista dizendo que mesmo com a decisão do Ministério Público, ainda essa semana iria procurar o juiz para conversar sobre o assunto.

As demissões devem começar no final do mês de agosto, já que a ordem judicial tem 30 dias para ser atendida, isso se não acontecer alguma reversão de decisão do MP.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2smodern